bootstrap builder

Confira as dúvidas mais frequentes

  1. Como devo comprovar a renda ?
    Em princípio, toda pessoa que comprovar um ganho constante, uma renda, alta ou baixa, estará habilitada a receber um financiamento imobiliário. Existem diversas ofertas de financiamento imobiliário, com a possibilidade para o futuro mutuário escolher nos bancos e instituições financeiras os planos e taxas que mais se adequa à sua capacidade econômica.
  2. Até quanto posso comprometer a renda mensal ?
    A parcela de renda ou salário comprometida para pagamento da mensalidade do financiamento é de até 30% da renda total bruta oriunda do tomador e participantes.
  3. Os profissionais liberais ou autônomos podem solicitar um financiamento imobiliário ?
    Sim, mas precisam ter capacidade financeira calculada com base na renda apresentada e devidamente comprovada, de acordo com a exigência da instituição financeira que escolher para financiar seu imóvel.
  4. Posso comprar e financiar um imóvel usado com dívida em um banco ?
    Sim, a operação é possível. Entretanto, a primeira verificação deve ser feita junto ao banco que detém a garantia do imóvel. Neste banco você deve questionar o saldo devedor, bem como as condições para comprá-lo e assumir a dívida. Caso não seja viável um plano de financiamento com este banco consulte se o mesmo aceita a operação de venda e compra do imóvel, com a quitação da dívida por um outro banco de sua escolha. Então, procure um banco ou agente financeiro que melhor lhe atenda no requisito financiamento e procure orientação neste de como proceder com a documentação, nesta operação que envolve dois bancos. Geralmente neste tipo de operação é cobrada uma tarifa pelo banco que esta sendo quitado.
  5. O que é o Programa Minha Casa Minha Vida operacionalizado pela Caixa ?
    É um programa habitacional lançado em 2009 pelo Governo Federal em parceria com os estados, municípios, empresas e movimentos sociais para a construção de novas casas e apartamentos para a população. É destinado a pessoas e famílias com renda de até 10 salários mínimos com concessão de subsídios, redução dos custos de seguro e acesso ao Fundo Garantidor da Habitação, que refinancia parte das prestações no caso de perda de emprego do tomador do financiamento.
  6. Eu posso financiar um imóvel Rural ?
    Boa parte dos bancos não financia este tipo de imóvel. Os financiamentos habitacionais disponíveis são destinados a aquisição de imóveis urbanos, como terrenos, casas, apartamentos ou salas comerciais. É vedada a utilização do FGTS para aquisição de imóvel rural em razão desse tipo de imóvel não constituir uma garantia aceitável para um financiamento pelo SFH.
  7. É possível ter 02 (dois) financiamentos, ou seja, se já tenho um posso obter outro ?
    Sim, desde que seja comprovada a capacidade financeira do proponente. Nesta situação NÃO É POSSÍVEL utilizar o FGTS para adquirir o segundo imóvel
  8. Posso utilizar meu saldo do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) ?
    Sim, mas somente quando você, o contrato e o imóvel estiverem enquadrados nas regras do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) na data da aquisição do imóvel.
  9. Posso usar o FGTS para quais fins ?
    • Utilizar como entrada no financiamento;
    • Amortizar o saldo devedor, ou seja, reduzir o prazo ou o valor do encargo;
    • Pagar até 80% do valor da prestação;
    • Liquidar o saldo devedor.
  10. Posso utilizar o FGTS no financiamento imobiliário, mesmo já tendo outro imóvel quitado ou não ?
    Depende, se o imóvel que possui em seu nome está quitado e localizado em outra região metropolitana que não faça limite com a região do imóvel que deseja comprar, SIM, você pode usar o FGTS. Se o imóvel que possui em seu nome ainda possui saldo devedor, você NÃO pode comprar outro imóvel utilizando recursos do FGTS, independente deste ou do outro imóvel.
  11. Posso comprar terreno com o uso do FGTS ?
    Não. Pelas regras do FGTS é vedado o uso dos seus recursos para fins de aquisição de lotes ou terrenos.
  12. Posso comprar simultaneamente dois imóveis usando o FGTS ?
    Não. As regras do fundo são claras, a aquisição do imóvel é para propriedade e moradia exclusivas do proponente.
  13. Quais os principais requisitos que preciso ter para sacar o FGTS na compra de um imóvel ?
    • Não ser detentor de financiamento ativo no SFH firmado em qualquer parte do País.
    • Comprovar tempo de trabalho mínimo de 03 anos sob regime do FGTS.
    • Não ser promitente comprador/cessionário ou proprietário de outro imóvel residencial urbano concluído ou em construção situado:
    • No município onde exerce sua ocupação laboral,seus municípios limítrofes e região metropolitana.
    • No município atual de residência, seus municípios limítrofes e região metropolitana.
  14. O que devo fazer para receber informações sobre meu contrato ?
    É muito importante manter seu endereço e telefone sempre atualizados. Quando houver alguma mudança, informe imediatamente ao Banco
  15. Como é formada a minha prestação ?
    Nos financiamentos habitacionais, a prestação mensal é composta por:
    • Encargo principal - parcela de amortização e de juros mensais;
    • Encargos acessórios - taxas de administração, Seguros de Morte e Invalidez Permanente (MIP) e Danos Físicos ao Imóvel (DFI).
  16. Como são calculados os encargos e seguros ?
    • A parcela do encargo principal referente aos juros é calculada em função de saldo devedor atualizado, taxa de juros, sistema de amortização e prazo restante do contrato, conforme condições contratadas.
    • Os encargos acessórios variam de acordo com o financiamento. Você pode verificar no seu contrato de financiamento quais são os encargos acessórios que formam sua prestação.
    • O valor do prêmio do Seguro de Morte e Invalidez Permanente é obtido mediante a aplicação das taxas constantes na Apólice sobre o valor do financiamento na contratação ao percentual de pactuação de renda dos participantes.
    • Para cálculo do valor do prêmio do Seguro Danos Físicos ao Imóvel é aplicada uma taxa sobre o valor de avaliação do imóvel.
  17. Quando ocorre o vencimento da prestação ?
    O primeiro pagamento vence 30 dias após a assinatura do contrato. Você pode escolher a data de vencimento na contratação ou alterá-la durante a vigência do financiamento.
  18. Como posso pagar as prestações do meu financiamento ?
    O débito automático é a forma mais prática de efetuar os pagamentos, pois não é preciso ficar dependente do recebimento do boleto de cobrança.É possível verificar o agendamento do débito no campo "lançamentos futuros" do extrato da conta 15 dias antes da data de vencimento de cada prestação. Caso não conste esse lançamento, entre em contato com o Banco.É muito importante verificar no extrato da sua conta se o débito da prestação ocorreu, pois o recibo do depósito não é comprovante de pagamento.
  19. O que acontece se eu atrasar as prestações do meu financiamento ?
    O atraso no pagamento gera multa e juros referentes aos dias de atraso e permite ao Banco incluir as informações vinculadas ao seu contrato em cadastros restritivos de crédito como SERASA e outros.
    Caso você não pague as parcelas em atraso, o Banco pode leiloar seu imóvel. Na alienação fiduciária, você não pode transferir seu imóvel a terceiros sem o consentimento do Banco. Isso acontece porque o imóvel fica em nome do Banco e só é transferido pra você após a quitação do financiamento.
  20. Porque devo optar por um financiamento ?
    Financiar um imóvel é a melhor opção para quem deseja:
    • Ser proprietário de um imóvel e não possuir condições financeiras de comprá-lo à vista.
    • Ter uma ótima oportunidade para sair do aluguel.
    • Manter seus investimentos financeiros, não precisando efetuar resgates em suas aplicações.
    • Escolher um imóvel de maior valor, pois o custo total será diluído em parcelas mensais, não havendo a necessidade de utilizar todo o seu recurso de uma única vez.
    Você também pode comprar uma casa no campo ou na praia, ou até mesmo um segundo imóvel como forma de investimento para obtenção de renda futura.
  21. Por que é preciso registrar o imóvel ?
    A propriedade efetiva de um imóvel, seja ele qual for, só é válida quando for declarada pelo Cartório de Registro de Imóveis, que detém a matrícula do mesmo. Todas as transferências e operações realizadas com qualquer imóvel constam em uma ficha, permitindo assim a qualquer pessoa consultá-la quando for realizar a compra, venda ou alienação do mesmo. Portanto, não vale assinar somente a escritura ou o contrato de compra e venda do imóvel. Deve-se realizar o registro no Cartório competente.
  22. Quais são as taxas e impostos que incidem sobre a compra de um imóvel financiado ?
    O Imposto: O ITBI - Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis é cobrado pela prefeitura local. É um imposto de competência do município, por isto o valor cobrado pode variar de um local para outro.
    Em relação às taxas temos as cartoriais que são pagas quando é feito o registro do imóvel, e também as taxas cobradas pelas instituições financeiras para abertura, avaliação do imóvel e manutenção do contrato.